Inventem-se novas revistas

5

Este mês comprei, julgo que pela última vez, a revista feminina Happy. Recordo-me que o que me chamou pela primeira vez a atenção para esta revista foi um artigo sobre os dinkies (double income no kids). Fiquei agradavelmente surpreendida com as sugestões de restaurantes e hóteis de charme que incluía e passei a comprá-la. Julgo que insconscientemente, também me agradou o facto de esta revista não ser politicamente correcta; não se importava de ter na capa títulos como: 16 razões para não ter filhos, ou Como um amante salvou o meu casamento.
O único problema é que existe, pelo menos para mim, um limite razoável para a quantidade de show-off e neo-clichés que consigo comportar. Aparentemente, o universo feminino gira em torno de uns saltos altos Manolo Blahnik, botox, loucas festas sexuais em Ibiza e a nossa vida dupla com um novo amante a cada 3 dias, para não fartar. Se for Verão, ou se o verão estiver à porta, então teremos a celulite, o horror, a tragédia, o castigo maior que Dante não inclui na sua descrição do Inferno apenas porque é homem e não percebe destas coisas. E claro, o Swing, as festas de viagra e a Neo-monogamia ou não fóssemos estar na era das relações abertas. Tudo isto colmatado com um artigo que nos assegura que não há nada de errado em gostar de pornografia e sex-toys, não querer ter filhos e fazer sexo no primeiro encontro. Uffff! que alívio, já me sinto muito mais descansada agora. Agora e no próximo ano, pois as previsões horóscopo 2010 da revista asseguram-me que tudo vai correr às mil maravilhas, porque tenho Júpiter, Saturno, Urano e Plutão* alinhados a meu favor e até me admira que não estejam também os restantes e os de outras galáxias, tão de feição que isto me vai correr.
E agora com licença, se não se importam vou só ali dar um pulinho a Nova Iorque para ir comprar um daqueles novos sex-toys da moda para usar com o meu novo namorado atlético, inteligente, divertido, rico, com bom gosto, romântico, que depila os pêlos do peito e que eu ainda não encontrei mas que a revista garante que andam por aí aos montes.



*isto é inteiramente verdade! Ver Happy Woman Dezembro 09,pág, 66

Read more »

5 comments:

  1. Karina says:

    Em relação ao fantástico ano que vai ser para nós, escorpionas de nascença: eles esqueceram-se dos planetas que ainda não foram descobertos, dos planetas de outras galáxias, do planetas que dps passam a ser planetas-anões, dos planetas de outros universos! Já para não falar das estrelas todas que nos apoiam! Se nós, escorpioes somos tão maus, não deviamos o sistema solar a proteger-nos! até me sinto culpada, com remorsos, até porque sou uma miuda pacata e monogamica, e segundo a happy, isso é quase imoral!

  1. Vio says:

    loool tens de apimentar a tua vida com um bocadinho de devassidão, isso da monogamia já não usa, coisa mais aborrecidinha!

  1. Bacardi says:

    Bem, este é o meu primeiro post no teu blog. Dentro de 2 ou 3 posts, vais-te arrepender de teres partilhado comigo este teu cantinho do mundo. Aviso-te já que a minha tendência para dizer disparates é algo incontrolável e incomodativa.

    Bem, mas quanto à Happy, acho que está perfeitamente alinhada com a generalidade das revistas que se publicam por este país. E dou-te um exemplo: a Playboy.

    Sim, aquela revista onde há mulheres nuas, e algumas palavras lá para o meio que nunca ninguém lê (mas deveriam, porque até é interessante). Pois bem, este mês, na capa da Playboy Portugal é ... (rufo de tambores) ... Ricardo Araújo Pereira.

    E não, não é uma foto do rapaz em trajes menores, a apelar à atenção do público homossexual. É uma foto de cara, com uma expressão que indica reflexão profunda (ou um grave depressão).

    Algo se passa no nosso país. Nós é que ainda não fomos devidamente informados. Se ao menos a Manuela Moura Guedes ainda estivesse a apresentar o Jornal Nacional, talvez pudéssemos ser presenteados com uma reportagem sobre o assunto... =(

  1. ahahahahahahahaha, O queridinho do Dante não nasceu na era do Veet darling! Mesmo que ele fose um rock-da-jungle-dandy dos dias de hoje duvido que se lembrasse de alguma coisa tão rebuscada como o inferno celulite.
    Tás lá.
    bacci

  1. carla says:

    Ai andam? catano, estou a precisar de óculos, concerteza...

Powered by Blogger.